5 de mar de 2012

Transporte coletivo no Brasil: Políticos vs População

Ninguém merece andar de ônibus, não é mesmo? Não dá!! Não dá pra aturar os idiotas ouvindo música alta! Não dá pra aturar homens sem camisa! Não dá pra aturar os constantes atrasos! Não dá pra aturar pessoas não/mal treinadas para exercer sua função de trabalho! Não dá pra aturar ignorâncias! Não dá pra aturar falta de respeito! Não dá pra aturar falta de higiene! Não dá pra aturar!!! 
Os especialistas sempre falam que a alternativa para descongestionar o trânsito e o caos que passam as grandes cidades brasileiras no dia-a-dia é a utilização em massa do transporte coletivo.

Antes de propor minha opinião a respeito, quero, a princípio, diferenciar transporte 'coletivo' de transporte 'público'.. pois bem.. Transporte público é aquele que é (ou deveria ser) disponibilizado gratuitamente para a população, ou seja, teria que acontecer em todo o Brasil, sem exceções, já que está previsto na Constituição Federal (Inciso XV do artigo 5º da C.F.: é livre a locomoção no território nacional em tempo de paz, podendo qualquer pessoa, nos termos da lei, nele entrar, permanecer ou dele sair com seus bens. Fonte: Senado Brasileiro . Portanto, o preço das passagens de ônibus deveriam ser zerados, ou seja, não deveria ter preço nenhum! E ainda temos que pagar absurdos em pedágios porque governos não querem a responsabilidade de administrar nossas estradas. Já o transporte coletivo é aquele que abrange muitas pessoas, ou seja; um simples carro particular com cinco ocupantes, por exemplo, já pode ser chamado de "transporte coletivo", ou mesmo o transporte realizado por vans, os próprios trens, metrôs, ônibus e inclusive táxi! Concluindo, de modo generalizado, o nosso direito de ir e vir não é cumprido; não existe transporte público no Brasil. Utiliza-se erroneamente esta expressão, quando deveria-se serem mais específicos!
Agora voltando ao assunto inicial, um questionamento: Se essa ideia dos especialistas é tão difundida, por que esse ideal não é adotado pelas autoridades e por que a população não cobra efetivas providências e não aderem à essa sugestão?
Bem.. eu vou tentar responder, conforme minhas convicções!
Política não é algo fácil.. em nenhum sentido: Não é fácil um executivo que se preze trabalhar para o povo porque existem interesses partidários e legislativos que não deixarão isso acontecer. Não é fácil tirar um executivo corrupto e influente do seu cargo porque o político brasileiro, mais do que nunca, sempre consegue o que quer com jeitinho.. dinheirinho.. dolarzinho cá.. carguinho acolá.. Não é fácil a aprovação de uma lei que melhorará de fato condições variadas para o bem estar do nosso povo porque isso demanda mais gastos do dinheiro público (como se fosse desperdício de verba pública), além também, dos já citados interesses de partidos.
Contudo, por outro lado, temos o nosso povão.. maravilhoso povão.. ou não tanto assim!! Por que reeleger políticos dinossauros com uma ficha gigantesca de casos de corrupção, desvio de verbas, contratos superfaturados, fraudes, "caixa dois", "mensalão", dinheiro na cueca, etc, etc e mais etc?? Já passou da hora de pararmos de ter orgulho em falar "eu odeio política", "nenhum político presta", "todo político é corrupto", ...O brasileiro não sabe o que acontece com a política do seu país, com a economia, a posição da nossa nação perante a geopolítica internacional. Com um povo ignorante não dá pra ser primeiro mundo. Temos a priori que sermos conscientes, bem informados.. para a partir daí formarmos nossa opinião, desenvolver crítica e não ficar à mercê da imprensa e sermos submissos à informações persuasivas que nos atacam cotidianamente como vírus maliciosos! Talvez nossa ignorância parta do princípio da formação do nosso país, submisso aos portugueses durantes séculos.. talvez parta da má qualidade de vida do nosso povo que não tem acesso à educação (de qualidade) e por isso não consegue se desenvolver intelectualmente.. talvez parta da nossa má vontade, preguiça, covardia!


Não é por acaso que o maior sonho do brasileiro, desde que eu me entendo por gente, é a casa própria em primeiro lugar e o carro em seguida. Isso remete ao fato de não termos garantia sequer à uma moradia (decente), enquanto o governo está se escaldando pela nossa economia estar ultrapassando a de países desenvolvidos, de primeiro mundo, mas se esquece que nosso IDH está longe de ser comparado ao de um país nortista.


 

Sobre

O Predador tem caráter informativo, interativoe humoristico e por isso normalmente alguém pode se ofender, o que NÃO é nossa intenção principal. Os comentários contidos aqui são de responsabilidade do seu criador e não refletem, de maneira nenhuma, a opinião dos autores desse site.

Copiar os posts desse blog é liberado e incentivado, desde que a fonte seja citada.

Últimos comentários

 
Animated Social Gadget - Blogger And Wordpress Tips